Home

Começou ontem, dia 1 de julho, a pré-temporada dos três grandes, com algumas certezas e muitas incógnitas. Ontem foi também o dia em que abriu oficialmente o mercado de transferências, numa data que não assinala mais do que o início do período oficial. Afinal de contas, as mexidas começam sempre a aparecer bem mais cedo.

E abertas que estão as oficinas do Olival, do Seixal e de Alvalade, constata-se que as linhas de trabalho seguidas em nada se assemelham. O FC Porto, regra geral, parece ter optado por vender primeiro, atacando alvos para o onze inicial de seguida. Na Luz, comprou-se primeiro, numa antecipação às saídas de Aimar, Miguel Vítor e possivelmente de Nico Gaitán. Já a tarefa do Sporting parece hercúlea: reduzir ao máximo a folha salarial, garantindo ao mesmo tempo uma equipa competitiva. As colocações dos excedentários não parecem fáceis e isso reflecte-se no número escasso de entradas.

Paulo Fonseca lidera no Olival

Desde que José Mourinho saiu do FC Porto (final da temporada 2003-2004), várias foram as tentativas de Pinto da Costa para encontrar um novo jovem com toque de midas. Depois de tentativas frustradas (José Couceiro à cabeça) e de outras bem-sucedidas (André Villas-Boas), surge agora Paulo Fonseca. Curiosamente, é aquele que chega ao FC Porto numa situação mais similar à da chegada de Mou: para além de jovem e promissor, vem de um excelente trabalho numa equipa com recursos muito limitados (Fonseca chega de Paços de Ferreira, Mourinho chegou de Leiria). E na casa do Dragão nada parece ser deixado ao acaso. Basta tomar atenção à escolha dos equipamentos para esta temporada (o primário e o secundário), em tudo idênticos aos da primeira temporada completa de Mourinho no clube que, como se sabe, culminou com vitórias no Campeonato, na Taça UEFA e na Taça de Portugal. Coincidência?

O sucesso de Paulo Fonseca no FC Porto estará umbilicalmente ligado às primeiras jornadas. Sem Moutinho e James, caberá ao ex-técnico do Paços de Ferreira a difícil tarefa de encontrar dois jogadores que entrem e que consigam dar resposta imediata. Não será de estranhar, portanto, que o primeiro onze inicial oficial do FC Porto apresente Defour no lugar de Moutinho e Atsu na vaga de James. Certo parece ser a mudança do estilo de jogo dos dragões. O jogo de posse e apoiado que Vítor Pereira tanto gostava era a cara de João Moutinho (as próprias características de James fomentavam esse estilo). Paulo Fonseca deverá apostar num Porto mais de esticão, mais espectacular. Até porque – e ninguém me convence do contrário – uma das principais razões da saída de Vítor Pereira esteve ligada ao estilo de jogo pouco cativante (mas eficaz, diga-se) das suas equipas.

Ao todo, são já sete as aquisições confirmadas para este FC Porto 2013-2014. Mas, entre os nomes em causa, apenas Hector Herrera deverá começar a temporada com legítimas aspirações a assumir um lugar no onze. Diego Reyes é um miúdo promissor e versátil, mas terá que esperar que um de dois nomes deixem o Dragão: ou Mangala, passando a assumir o lugar no eixo da defesa ao lado de Otamendi; ou Fernando, agarrando o lugar de trinco. Tiago Rodrigues, Carlos Eduardo, Josué, Ricardo e Licá terão a pré-temporada para mostrar valor e garantir um lugar no plantel. Chegaram ao Dragão para o papel de alternativas aos titulares (algo que parece ter faltado na temporada passada) e nem todos terão espaço.

porto11

Mas as entradas não ficarão por aqui. Falta o tal substituto para James e – isto é apenas um feeling – deverá chegar mais um nome para o meio-campo. Bernard e Quintero têm sido os nomes mais ventilados e poderão fechar o plantel. E se chegarem os dois, não será de admirar que Herrera ou Varela não tenham espaço no onze, dada a polivalência e qualidade do colombiano.

Jorge Jesus mete a quinta

Ao iniciar a quinta temporada ao leme das águias, Jorge Jesus (JJ) entra num lote muito restrito de técnicos que conseguiram uma performance tão duradoura no clube (apesar dos resultados aquém das expectativas). No Benfica, optou-se por comprar primeiro e vender (ou tentá-lo) depois. Chegaram igualmente sete novos jogadores, apesar de tudo indicar que dois deles (Uros Matic e Jorge Rojas) comecem na equipa B. Steven Vitória, Mitrovic, Djuricic, Sulejmani e Markovic são, entre os nomes confirmados, os verdadeiros reforços para Jorge Jesus (quando ainda falta confirmar Lisandro Lopez).

Não parece ter sido fácil o entendimento entre Vieira e JJ para a continuidade do técnico. O presidente acabou por segurar o treinador, mas o lugar do segundo estará muito dependente daquilo que a equipa fizer nos primeiros jogos. E a popularidade do primeiro também. Vieira colocou-se nas mãos de Jesus (salvo seja). A tarefa mais complicada para JJ será colmatar as mais que prováveis saídas de Garay, Cardozo e Gaitán (o primeiro, mais que todos). Isto para não colocar sequer a hipótese de Matic também sair.

benfica11

De realçar também que, depois de todas estas entradas, o Benfica continua com dois problemas graves: a falta de um defesa esquerdo e de um médio polivalente (6/8). Se para o meio campo Ruben Amorim parece estar de volta (é curto mas ainda assim uma opção), para a lateral esquerda a solução tarda em chegar. E o tempo passa, passa, passa.

O onze, confirmando-se as saídas dos três nomes acima citados, será bem diferente do da temporada passada. Novo defesa esquerdo (espero), novo defesa central (Lisandro Lopez, ao que tudo indica), novo extremo esquerdo (Ola John, Markovic e Sulejmani lutarão pelo lugar) e nova dupla atacante, com a provável entrada de Djuricic (Rodrigo terá uma palavra a dizer) para as costas de Lima, mais próximo do 4-3-3 do que do 4-4-2.

Leonardo vai arrumando o jardim

A entrada de Leonardo Jardim no Sporting garante apenas uma coisa: vamos ter trocadilhos com o seu nome dia sim, dia sim. Tudo o resto parece ser uma incógnita. Quem fica, quem sai, quem entra. Entre aqueles que terminaram a temporada passada a titular, é difícil encontrar alguém cujo nome não tenha sido apontado à saída. Uns pelo encaixe que podem proporcionar e pelo salário que auferem, outros apenas pelo salário e outros até pela pouca qualidade aos olhos de Leonardo Jardim. A missão Entrada só começará à séria quando a Saída estiver completa (ou perto disso). Mas se têm que entrar jogadores, é também vital segurar aqueles que mostram potencial e que correm o risco de sair por tuta e meia (Bruma ou Ilori).

Para já, entraram apenas dois jogadores, curiosamente ambos para a posição de defesa esquerdo. Jefferson parece ser uma aposta certeira, devendo assumir a titularidade de forma inequívoca. Seejou King não é propriamente uma entrada no sentido lato do termo, visto que já esteve no Sporting na temporada passada por empréstimo. Para alcançar o terceiro lugar e o acesso à Liga dos Campeões, a tarefa deve ser facilitada pela debandada de jogadores importantes do SC Braga. Bastará, na teoria, segurar algumas   das peças mais importantes da temporada passada (os jovens, portanto), e fazer entrar dois ou três nomes que sejam reais mais-valias (dois avançados serão essenciais). Até porque Leonardo Jardim já mostrou ser um treinador competente e, mais que tudo, focado nos resultados. E é disso que o Sporting precisa neste momento, muito mais do que de exibições bem conseguidas.

sporting11

O onze de Jardim deverá estar repleto de jovens, à imagem da segunda metade da temporada passada. Na baliza estará um novo nome (Boeck parece ser o escolhido), na esquerda jogará Jefferson, Dier e André Martins deverão ter lugar reservado no meio campo (falta saber quem os acompanhará), Bruma e Carrillo são os mais sérios candidatos às alas (com ou sem Capel) e o avançado será também diferente (Fredy Montero?).

GOSTOU DESTE ARTIGO? ENTÃO ENTRE
EM https://www.facebook.com/palavrasaoposte, CLIQUE ‘GOSTO’ E
ACOMPANHE OS ARTIGOS DIÁRIOS DO PALAVRAS AO POSTE! 

joni_desenhoJoni Francisco

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s