Home

Confesso que tenho acompanhado com muito interesse a troca de galhardetes entre Sporting e FC Porto, na sequência da última jornada da fase de grupos da Taça da Liga. Ou deveria dizer Taça Lucílio Baptista? Ou Taça da Cerveja? É que não deixa de ser curioso que a zanga tenha surgido numa competição tão desvalorizada por ambos os clubes. Pelo menos nas palavras, visto que ao longo das três jornadas os onzes apresentados não estão de acordo com uma política de desvalorização da competição.

Mas, adiante. Este texto não serve para perceber a verdadeira importância que leões e dragões dão à Taça da Liga. Quero, isso sim, procurar reflectir um pouco sobre o papel do Benfiquista no meio de toda esta polémica. Num caso destes, um bom Benfiquista está de que lado? De nenhum dos dois, claro. Só do lado do Benfica. Sempre.

Mais do que resultados, o Sportinguista deve estar orgulhoso que o seu clube, com Bruno de Carvalho, seja hoje diferente dos últimos tempos. O Sporting é hoje um clube que zela pelos seus direitos, que luta pelas suas convicções e que não tem problemas em confrontar seja quem for. É, por isso, um clube mais independente, que pensa mais em si e menos nos outros. E é assim que deve ser, cada um por si.

Seja mais ou menos efusivo, tenha mais ou menos razão, Bruno de Carvalho é Sportinguista. E, com ele, o FC Porto passou também a ser inimigo. Como sempre foi o Benfica. E, se nalguns casos, o presidente do Sporting tem falado sem razão, desta vez parece que a tem do seu lado.

O que interessa para esta discussão não é a existência ou não da infracção que veio dar a grande penalidade decisiva ao FC Porto. Nem tão pouco os míseros 3 minutos de atraso de que se queixa o Sporting. Neste caso, interessa realçar mais um episódio de ‘Xico-espertice’ de um clube que há muito nos habituou a fazer um pouco de tudo para ganhar. O jogo no Dragão devia ter começado à mesma hora do que o de Penafiel. Tal não aconteceu porque houve quem não o quisesse, contra as regras do jogo e do ‘fair-play’. E se algum encontro tinha o direito de atrasar, seria o do Sporting, visto que as condições em Penafiel (e as probabilidade de existir algum contratempo que adiasse o início) são bem diferentes das do Estádio do Dragão.

Já li que o Sporting foi otário, que devia ter-se precavido para a ‘espertice’ do FC Porto, para a ‘inteligência’ da tão famosa Estrutura azul e branca. Se fosse Sportinguista, teria orgulho disso. Em momento algum o Sporting equacionou atrasar o seu jogo para tirar disso benefício, sabendo o que se passaria no Dragão e reagindo em conformidade. O Sporting poderia ter adiado o início do jogo mas não o fez. Poderia ter adiado o início da segunda parte, mesmo sabendo que no Dragão o jogo começara mais tarde, mas também não o fez. Resumindo: poderia ter procurado tirar vantagem por meios menos claros mas preferiu não atropelar os seus valores. Porque, felizmente, há ainda quem saiba que não se pode ganhar a todo o custo.

No final de tudo isto, mais do mesmo. Foi o FC Porto quem passou, com um penalti algo duvidoso e já depois de acabado o jogo do rival. Foi o FC Porto quem, uma vez mais, festejou uma vitória que noutros estádios teria um travo amargo. Ali, só importa ganhar. E se der para ganhar com polémica, melhor ainda.

GOSTOU DESTE ARTIGO? ENTÃO ENTRE EM https://www.facebook.com/palavrasaoposte, CLIQUE ‘GOSTO’ E ACOMPANHE OS ARTIGOS DIÁRIOS DO PALAVRAS AO POSTE! 

joni_desenhoJoni Francisco

Anúncios

3 thoughts on “O Xico esperto azul e branco

  1. Para complementar o tal “Xico esperto”, seria talvez pertinente acrescentar a opinião de um bloguer Vitoriano sobre as incidencias “futeboleiras” do passado fim de semana.

    Tenho amigos benfiquistas, portistas e sportinguistas.
    Que quando “toco” no clube deles me “acusam” logo de ser simpatizante de um dos outros dois,
    Então entre benfiquistas e portistas é automático.
    Quando a verdade é bem outra. Sou adepto de um clube que está farto de ser prejudicado nos jogos com esses três, no tratamento discriminatório da imprensa, na perseguição de que é alvo pelas instâncias disciplinares do futebol.
    Sei que ser vitoriano tem um preço.
    Ganhar menos, aparecer menos na comunicação social, ser prejudicado em lances que decidem jogos e o alarido ser muito menos que num lançamento de linha lateral marcado ao contrário a um dos três filhos do sistema.
    É um preço que os vitorianos não se importam de pagar.
    Mas pagar é uma coisa e calar outra bem diferente.
    Nos jogos de fim de semana da taça da carica há um grande polémica em volta de um dos jogos ter começado dois minutos depois do outro e já se pedem inquéritos, ministério público, não sei a própria ONU não terá de ser chamada a mediar o problema!
    Quando o grande escândalo, aquele que põe a nu muitas das todas as podridões do nosso futebol, foi noutro jogo.
    Não pela arbitragem ,não pela cronometragem ou qualquer outro problema passado no relvado do Restelo.
    Mas pelo simples facto de aquele jogo não poder ser ali.
    O regulamento da taça da liga é claro.
    Quando uma equipa não puder utilizar o seu recinto por interdição disciplinar ou falta de condições do terreno de jogo(precisamente o motivo que levou o SLB a mudar para o Restelo) então o desafio terá de ser disputado em casa do adversário.
    Neste caso em Barcelos.
    Tal só seria superável se ambos os clubes mais a liga concordassem, por escrito e com dez dias de antecedência, na mudança de local.
    A história é tragicamente diferente.
    O Benfica resolveu poupar o relvado e decidiu jogar no Restelo.
    A LPFP fazendo tábua rasa do próprio regulamento autorizou de imediato sem, um e outro, terem a elementar atitude de atempadamente avisarem o Gil Vicente.
    E só quando este fez barulho ( e recordo que a dois dias do jogo o presidente gilista ainda punha a hipótese de falta de comparência) é que se dignaram dar-lhe uma explicação e pedir a anuência.
    O Gil Vicente, que tinha toda a razão do mundo, acabou por anuir e lá apareceu no Restelo para fazer o jogo provavelmente por se lembrar bem do jeito que lhe vão dando os jogadores que o SLB lhe empresta ou lhe compra!
    O regulamento das competições existe para todos e a todos tem de ser aplicado por igual.
    Neste caso existiu uma violação grosseira, indesmentível e gravíssima do regulamento.
    Provando que no futebol há filhos e enteados, há compadrios, há uma direcção da Liga absolutamente incompetente e cuja única estratégia é a de sobreviver a qualquer preço fazendo qualquer tipo de frete.
    Á beira disto, e do que isto demonstra, os dois minutos do”Dragão” são uma brincadeira de crianças mas que dá imenso jeito para desviar as atenções do escândalo do Restelo.
    E a comunicação social, como sempre atenta,veneradora e obrigada colabora de forma vergonhosa no silenciamento do que se passou porque os benefícios ao clube da Luz não são noticia nem dá jeito que se fale desses assuntos.
    Pobre futebol português.
    Depois Falamos

    P.S. Falo disto com esta indignação precisamente por ser adepto de um clube que o ano passado foi brutalmente castigado pelas instâncias disciplinares, com jogos á porta fechada, por incidentes idênticos a outros que nos estádios de Benfica, Porto, Sporting e Sporting CB não mereceram idêntica punição.
    Os vitorianos podem ser enteados do sistema, mas não são nem nunca serão cobardes ou mudos! »

    Luís Cirilo

  2. Boas, só não concordei com um aspecto, não me lembro do Sporting alguma vez ter desvalorizado esta competição, aliás chama-la de taça Lucílio Baptista demonstra que se queria ganhar a competição. Chamar-lhe da taça da cerveja demonstra que não interessa. Mesmo nunca ganhando com duas finais, o Sporting sempre teve e discurso de a querer ganhar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s