Home

Pela primeira vez em muitos anos, o Brasil apresenta-se num Campeonato do Mundo sem um matador unânime. A célebre posição 9 da canarinha, normalmente ocupada por intérpretes de peso do futebol mundial, como Romário ou Ronaldo – figuras absolutamente decisivas nas últimas conquistas brasileiras – caminha para o Mundial 2014 sem concorrentes de topo ao posto.

image (2)

Romário e Ronaldo uma dupla irrepetível no Mundial 2014

Em termos de qualidade técnica, faro de golo e experiência Fred bate a concorrência de forma categórica. O calor carioca e as constantes lesões fizeram-no resistir às tentadoras propostas europeias e a uma afirmação plena no escrete. Depois de ter sido decisivo na Taça das Confederações, Fred jogou muito pouco, teve mais lesões que golos e está longe da forma ideal. Leandro Damião que durante os últimos 3 anos foi a grande esperança brasileira, passou por uma temporada muito negativa, trocou o Internacional pelo Santos e está em busca de melhores dias para voltar à selecção. Jô que falhou redondamente em quase todos os clubes que representou na Europa, aproveitou a lesão de Damião para rumar à Taça das Confederações e com golos importantes, aparentemente, convenceu Scolari. Pelas suas características físicas pode vir a ser útil mas está longe de ser um jogador de topo.

Atletas com claras limitações técnicas e físicas como Walter, Hernane ou Kardec são vistos como opções a ter em conta e até o veterano Luís Fabiano e eternas promessas – Pato e Diego Tardelli à cabeça – são considerados seleccionáveis o que demonstra a falta de opções de classe que fustiga o Brasil. Matadores brasileiros em destaque não há muitos. Talvez apenas Luiz Adriano do Shakhtar e Alan do Red Bull Salzburgo. Talvez o baixo nível competitivo a que estão expostos lhes retire a simpatia do Sargentão.

A forma ridícula como o Brasil perdeu Diego Costa para a fúria espanhola – estreou-se pela canarinha, foi ignorado durante várias convocações e só foi novamente chamado quando já tinha convite para representar La Roja – mostra bem a desorganização que reina nos corredores da CBF. Nem a extensa quantidade de avançados espanhóis de valor e a ausência de concorrência pela camisola 9 do escrete, demoveram o dianteiro do Atlético de Madrid de envergar a camisola espanhola. Um duro golpe nas aspirações brasileiras que poderia ser atenuado por uma jogada de mestre que parece ainda não ter surgido na mente de Scolari e companhia.

Depois de perder o matador colchonero e estar prestes a perder Fernando para Portugal, a CBF organizou uma pequena peregrinação à Europa para tentar convencer todos os talentos nascidos no Brasil, que brilham por outros países europeus, a representarem a canarinha. Na lista estão nomes como Rafinha Alcântara (Celta/Barcelona), Andreas Pereira (Manchester United) e os “portugueses” Rony Lopes e Raphael Guzzo. Nomes interessantes para o futuro do escrete e que no imediato pouco podem oferecer.

Contudo estranho sobremaneira que um nome não esteja nesta lista e não seja uma prioridade para Scolari: obviamente Rodrigo. O hispano-brasileiro brilhou intensamente no Benfica até aquela fatídica entrada de Bruno Alves em São Petersburgo. Depois dessa lesão sofreu um apagão futebolístico de quase dois anos e de forma improvável renasceu nas mãos de Jesus dando o salto qualitativo que o seu futebol implorava. Se vai vingar lá fora e atingir o patamar que dele se espera, não sei, mas não duvido que neste momento a sua ascensão deveria garantir lhe um lugar no Mundial. Jô, Kardec, Walter, Damião, Tardelli, Luís Fabiano e Pato estão actualmente a anos-luz do avançado do Benfica.

image (1)

Fred, Jô, Kardec e Hernane alguns dos candidatos à nova família Scolari.

A sua velocidade, potência de remate, qualidade técnica e versatilidade não deveriam ser desperdiçadas pelo carente conjunto penta campeão mundial. O Brasil precisa de Rodrigo e Rodrigo com a feroz concorrência da selecção espanhola com certeza não rejeitaria representar o seu país de berço. Felipão sanaria uma enorme lacuna do seu plantel e de brinde responderia ferozmente à derrota para a fúria espanhola no caso Diego Costa. O melhor marcador da história dos sub-21 espanhóis é brasileiro e só a sonolência e desinformação de quem gere o futebol brasileiro impede que no futuro vejamos o avançado encarnado vestido com a famosa amarelinha.

GOSTOU DESTE ARTIGO? ENTÃO
ENTRE EM https://www.facebook.com/palavrasaoposte, CLIQUE ‘GOSTO’
ACOMPANHE OS ARTIGOS DIÁRIOS DO PALAVRAS AO POSTE! 

SONY DSCBruno Gomes

Advertisements

2 thoughts on “Obviamente Rodrigo

  1. É bem lembrado… mas e já pensaram numa remota possibilidade chamado LIMA??? É brasileiro, nao tem problemas com naturalizações… e neste momento não vejo muito avançados brasileiros melhores que ele!!! Com um bom meio campo e extremos como tem o Brasil, não sei se ele não faria um brilharete!!!

  2. Só tu mesmo para te lembrares disso Bruno. Mas sim de facto era de pensar nisso acho que é um ponta de lança com características difíceis de encontrar: é rápido finalizador versátil inteligente e encaixaria bem ali na selecção brasileira, penso que daria muito mais dinâmica do que o Fred consegue dar e para mim não vejo ninguém além do Fred. Aliás neste momento nem o Fred conta muito e mais uns sem qualidade outros não estão interessados em jogar futebol e outros sem ritmo. Por outro lado parece-me que a CBF nunca olhou para o campeonato português com a seriedade necessária para reparar nisso mas vamos ver. Gostava de ver o Rodrigo na canarinha acho que ia dar algo de diferente é um ponta de lança do futuro muito mais completo e se atingir o seu potencial é um caso sério.
    Falando da sugestão do Lima quanto a mim não me parece que tenha qualidade/idade para sobressair, não que seja mau jogador mas porque é mais do mesmo na amostra que o Brasil tem e onde existem jogadores mais novos e com potencial, sem contar que o histórico dele no campeonato brasileiro e no Santos não é muito bom e isso ia pesar muito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s