Home

Não é fácil escrever estas linhas porque o projecto Palavras ao Poste diz-me muito. Contudo, depois de muita ponderação, decidi que o melhor para todos seria o meu afastamento. Sim, esta será a última vez que me poderão ler neste espaço.

Lembro os primeiros tempos do Palavras ao Poste como se de um nascimento de um filho se tratasse. Um filho que apesar de nascer de seis homens, parecia saudável. Nada mais errado. O entusiasmo e a excitação dos primeiros tempos deram lugar às picardias clubísticas e às lutas de egos. Com os sportinguistas deste espaço (assim mesmo, com letra pequena) a mostrarem a sua mesquinhez, o seu ódio pelo Benfica e a sua cegueira com tudo o que é vermelho. Fui aguentando, fui engolindo tantas asneiras, mesmo contra os meus princípios de Benfiquista, apenas para manter um projecto que acreditava ter pés para andar. Mas tudo se tornou insuportável. Os ataques inúteis e os textos descabidos começam sempre às segundas, com o Bruno Gomes. Depois voltava a boa informação e a qualidade que sempre quis para este espaço. As terças e as quartas davam prazer ler. As quintas mostravam sempre que um Sportinguista (este com letra grande) pode ter carácter. Mas à sexta chegam sempre as barbaridades do André Cunha Oliveira, seguidas pelas do Diogo Taborda aos sábados. Muitos dias e muitos textos de lagartice pura, de escrita verde cor de vómito, de asneiras e inverdades.

É com pena que deixo este espaço. Talvez esteja a ser fraco. Talvez fosse mais Benfiquista se lutasse contra tudo e contra todos e defendesse o Benfica e a verdade com unhas e dentes. Mas não dá mais. Aqui foram destruídas boas amizades porque não houve decência do outro lado para separar assuntos clubísticos e relações pessoais. Amizades que, vendo bem, não valiam a pena.

Foi um prazer caros leitores. Espero que tenha sido para vocês também. E agradeço o vosso enorme respeito nos comentários, mesmo quando discordavam daquilo que aqui escrevia. Felizmente ainda existem pessoas que sabem discutir futebol sem os seus óculos verdes ou azuis. Obrigado mesmo! Ah, e não pensem que isto acaba aqui. O Palavras ao Poste tornou-se insuportavelmente verde. Outro espaço, com outra qualidade, vai surgir desta ruptura. Tudo farei para ter a meu lado o enorme Bruno Falcão Cardoso. E a Mara Guerra. E o Hugo Picado de Almeida, um verdadeiro Leão. Os outros? Que continuem a destruir aquilo que tanto nos custou edificar. E que se reduzam à sua insignificância lagartóide.

Até um dia destes meus caros, num outro espaço.

GOSTOU DESTE ARTIGO? ENTÃO ENTRE EM https://www.facebook.com/palavrasaoposte, CLIQUE ‘GOSTO’ E ACOMPANHE OS ARTIGOS DIÁRIOS DO PALAVRAS AO POSTE! 

joni_desenhoJoni Francisco

3 thoughts on “Adeus imbecis

  1. Não estou a perceber o que disses, mas quando é que alguém falou asneiras e mentiras? Quais as mentiras que mencionas? Se foram, indelicados contigo fora deste espaço, sento tu um dito “Diretor” não devias ter resolvido isso fora deste espaço? Não conseguias, então vinhas aqui e dizias simplesmente até amanhã, ou não? Tens de justificar com o injustificável para abalares?
    Vejo a Mara por aqui, a dizer coisas sobre o Bruno de Carvalho, que para ela são verdades e que para mim são asneiras. Disse a ela o que pensava desse post, foram dois até, ela retribui da mesma forma, cordeal, e não houve mais barulho. Ela continua na sua e eu na minha! São opiniões, divergentes, mas opiniões! Como digo, as opiniões, são como os sovacos, todos temos, mas nem todos cheiram bem!
    Revê essa maneira de veres as coisas, tenho para mim que ganharás mais!
    Eu até gosto dos teus posts, por vezes surge algum em que não me revejo, já comentei num, pelo menos, pq para mim era asneira, para ti não era. Acho que fazes mal em abandonar o espaço, não que faças falta (porque, felizmente ou não, ninguém é insubstituível), mas é como dizes, foi contigo que ele nasceu e cresceu!
    Mas uma coisa concordo contigo, senão conseguem separar as águas, é pq realmente não são amigos, tenho muitos amigos benfiquistas, mais que Sportinguistas, discutimos muito, berramos uns com os outros, mas no final estamos sempre a beber umas bejecas e uns tintóis e o que fica nas discusões, é a amizade. Se voçês não consegues separar isso, realmente é pq vçs não são amigos.
    Como tb disses, estás farto e cansado, pois bem dos fracos não reza a história!
    Felicidades é o que desejo, mesmo que sejas um lã-pião! 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s