Home

Depois do triplete do Benfica – Campeonato, Taça de Portugal, Taça Lucílio/ da Cerveja/ das Confusões/ da Liga mediante as preferências clubísticas – as cortinas do futebol português estão finalmente encerradas. A semana passada já fiz aqui a análise do que de melhor se viu – na minha modesta opinião – na época 2013/14, em Portugal, e hoje é dia de analisar o mundo do paranormal.

É o momento de mergulhar sobre o sombrio e ver o que de pior, mais patético, cómico e triste se passou por cá. Comecemos com uma eleição dos 11 Pinos de Ouro do ano. Esta rapaziada, assim como o Pé de Chumbo do Ano e o Cabeça de Matraquilho Revelação, são eleitos devido à sua capacidade técnica duvidosa (em alguns inexistente), aos valores que custaram, às expectativas com que chegaram e atendendo àquilo que produziram – exclusivamente – nesta época.

De bónus temos algumas categorias especiais como Boné JCA 2014 – para o pior treinador -, Imagem, Frango, Falhanço e Frase do Ano.

 And the winner is…998232_Dream_Team

GR: Eduardo (Sporting de Braga) – Eduardo é de Mirandela, mas em vez de alheiras distribuiu frangos pela Pedreira. O Sporting de Braga terminou a Liga num modesto 9º lugar e a ausência de pontos teve um contributo relevante do guardião bracarense. Paulo Bento, famoso adepto da meritocracia e de Arroz de Pato, conta com ele no Mundial do Brasil.

LE: Weldinho (Sporting) –O duplo queixo e o umbigo saliente de excesso de picanha não enganam: de inho só o nome e o nível do seu futebol. Talvez o jogador que mais rapidamente despontou em Portugal: no final da pré-época já o Sporting tinha contratado outro para o seu lugar. Uma pena que tanta qualidade não tenha pisado oficialmente os relvados da primeira liga: perdeu o futebol, ganhou o Chimarrão.

DC: Steven Vitória (Benfica) – No época passada marcou 11 golos e foi o líder do Estoril europeu. Este ano passou a símbolo do Benfica…B. Pouco ou nada aproveitado por JJ é surpreendente que o seleccionador nacional não se tenha lembrado dele para o Mundial 2014.

DC: Gregory (Paços de Ferreira) – Depois de passagens de sucesso por Gil Vicente, Marítimo e Vitória de Guimarães regressou de Espanha para representar o Paços de Ferreira na Liga dos Campeões. Trouxe a vontade, mas esqueceu-se do futebol… e de um rim do qual perdeu o rasto desde a eliminatória com o Zenit.

BrunoCortez2013Benfica

Cortez um rosto inesquecível

LE: Cortez (Benfica) – Está aqui por duas razões: 1º é o vencedor do Prémio Petar Krpan 2014 que distingue o jogador mais lindo do futebol português; 2º Porque foi graças à sua (d)eficiência futebolística que o Benfica contratou Siqueira e percebeu que já era de tempo de deixar de brincar aos laterais esquerdos.

MDC: Pelé (Olhanense) – Nome de jogador, físico de pugilista, futebol de talhante. Sabe ceifar a carne – dos adversários – mas na redondinha toca pouco. Este ano foi mais do mesmo e nem no colosso Olhanense conseguiu singrar. Pertence aos quadros do Milan, o que ajuda a explicar a grave crise que atravessa o clube de Berlusconi.

MCE: Gerson Magrão (Sporting) – Homem com personalidade e convicções fortes. Tem um lema do qual não abdica: “Devagar, devagar, devagarinho”. O Palavras ao Poste sabe que assim que chegou a Alvalade exigiu – como fez em todos os clubes que passou – a camisola 10: “É o número de jogadores que vão correr por mim…9 se tu estiveres em campo! “ – Confidenciou a Weldinho.

MCD: Tiago Rodrigues (Vitória de Guimarães) – O “Pirlo de Guimarães” voltou ao Castelo mas não foi feliz. Muito aroma a balneário e aquecimento de banco para quem um ano antes tinha sido uma das grandes revelações da temporada.

MOC: Djuricic (Benfica) – Contratado como primeira opção para a função 10, teve tanto sucesso que o Benfica continua a jogar com dois avançados. 6,5 Milhões de euros depois, JJ sem grandes opções na Final da Liga Europa preferiu lançar Maxi no meio campo e até apostar em Ivan Cavaleiro do que dar uma oportunidade ao sérvio. O substituto de Aimar teve o mesmo rendimento que o argentino na época passada: nulo.

AVC: Licá (FC Porto) – O AVC que aqui está significa avançado centro, mas também os problemas cardiovasculares que as exibições deste rapaz provocaram em muitos portistas. Tanto talento para pesca submarina, tráfico de estupefacientes ou outra coisa qualquer que não seja futebol e Licá ainda perde tempo a correr atrás de uma bola: os adeptos (rivais) agradecem.

PL: Mehmeti (Olhanense) – 2º melhor marcador do Olhanense na temporada, os seus incríveis 2 golos não chegaram para salvar os algarvios da descida de divisão. Matador de classe indiscutível – toda a gente sabe que não tem – apresenta uma versatilidade incrível – mesmo vestido de jogar da bola não deixa nunca de parecer um albanês traficante de mulheres.

168981_galeria_.jpg

Djuricic a grande desilusão da temporada

Pé de Chumbo do Ano – Djuricic (Benfica) – Tem talento e ainda vai muito a tempo de corrigir o ano fraquíssimo que realizou. Contudo a ascensão de Bernardo Silva, Sulejmani e as constantes viagens ao mercado do Benfica, cortam lhe as pernas senão apresentar outra atitude. Muito se esperava dele e foi sem dúvida a maior desilusão da temporada nacional.

Cabeça de Matraquilho Revelação – Ola John (Benfica) – Depois de uma primeira época de adaptação onde conheceu a fúria de Jesus e mostrou talento, tinha tudo para explodir, mas ficou só na vontade… Inexplicavelmente arrastou-se pelo Seixal nos primeiros meses da época até ser cedido ao Hamburgo onde também não deixou saudades.

Boné JCA 2014 – Costinha (Paços de Ferreira) – Formou com Maniche uma das melhores duplas de centro campistas da história do futebol nacional. Os dois voltaram a juntar-se na Mata Real para formar a dupla com mais SWAG e maus resultados da história dos treinadores em Portugal: 14 jogos, 10 derrotas, 2 empates e 2 vitórias, 32 golos sofridos e 15 golos marcados. Foi a primeira vez que se viu um ministro de fato e boné.

Frango do Ano – Rui Patrício no Benfica – Sporting – Os grandes raramente falham, mas quando o fazem é em grande estilo: um peru natalício tamanho família.

Falhanço do Ano – Islam Slimani no Sporting – Marítimo – Slimani a ressuscitar o fantasma de Bruno Gimenez em pleno Alvalade XXI – Basta clicar aqui!

Frase do Ano – Paulo Fonseca (FC Porto) – Na verdade são várias, mas antes uma explicação prévia: eu também sou do Barreiro e sei bem que a malta lá curte gamar chocolates e Sunny Delight no Mini-Preço do que aulas de Geografia, não sabia é que depois carregavam no VAT 69 – pensei que fosse só o Rui Oliveira e Costa. Enfim, momentos épicos de cultura e alcoolismo com o melhor GPS nacional.

Jesus1234

JJ em duelo quente com as autoridades

Imagem do Ano – Jorge Jesus vs Polícia – JJ este ano já mostrou três dedos ao seu colega “Time Xau” – treinador do “Totane” – desrespeitou Shéu Han, berrou com Rui Costa, quase agrediu Raul José mas nada orgulha mais o povo da sua Amadora natal do que a forma como tratou os bandidos dos polícias. Essa desprezível gente ordeira e honesta que tenta prender os heróis que não cumprem a lei. RESPECT#

GOSTOU DESTE ARTIGO? ENTÃO
ENTRE EM https://www.facebook.com/palavrasaoposte, CLIQUE ‘GOSTO’
ACOMPANHE OS ARTIGOS DIÁRIOS DO PALAVRAS AO POSTE!                     

SONY DSCBruno Gomes

                                                    

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s