Home

Há um programa nas manhãs da televisão portuguesa que anda a escapar à maioria das pessoas e que eu acho que tem tudo para ser o próximo grande sucesso da nossa TV. Na verdade, talvez até já muitos de nós tenhamos ouvido falar sobre a nova Maya da SIC, a senhora que lança cartas e fala com os ouvintes antes da Júlia Pinheiro iniciar o seu exercício de gritaria pela manhã fora.

Mas poucos terão tido a oportunidade, ou antes a coragem, de espreitar o talkshow «A vida nas Cartas – O Dilema», de Maria Helena Martins. Eu tive e adorei. Para começar, esta senhora é mais do que uma Maya, uma mescla entre taróloga e RP de Cascais. Maria Helena não dá espaço a confusões, ela personifica na perfeição o público alvo com quem interage no seu programa.

Parecendo ter saído directamente de uma botique de panos de cozinha e naperons em crochet do Cacém, a vidente da SIC fala com os seus “pacientes” tal e qual como se estivesse no balcão a tentar vender um par de cuecas ou um par de sapatinhos de lã para recém-nascidos.

«Olá, olá, minha querida, meu amor, como é que se chama?», começa por perguntar a também apresentadora de chamada em chamada. As ligações telefónicas, que aqui não servem para ganhar chorudos prémios mas antes para ver resolvidos problemas da mais variada ordem, são cobradas por participação, é verdade, mas no final de contas a consulta até sai barata. Antes os oitenta cêntimos do que as taxas moderadoras do centro de saúde.

E o mais incrível é que Maria Helena, que parece tresandar a naftlatina, tem remédio para tudo e soluções do mais criativo alguma vez visto. Senão vejam:

Nada melhor do que aconselhar uma idosa à beira da cegueira, a olhar para o céu e para os passarinhos – seja ela capaz de o enxergar – para voltar à visão completa e ao pleno bem-estar. De facto, o mais extraordinário em Maria Helena é que todos os problemas dos seus ouvintes, mesmo os mais graves, são «derivados do psicológico». E depois é incrível a sua facilidade em descredibilizar todos os testemunhos dos seus seguidores, sem que eles sequer se apercebam.

«Não minha querida, isso não é nada, essa hérnia discal que o seu médico lhe diagnosticou há um mês e meio é tudo coisas da sua cabeça. Coma uma orelhinha de porco com nozes e passas ao acordar que vai ver que isso passa». 

Mas a gama de tratamentos de Maria Helena é vasta e não se esgota em prescrições alimentares. Outros passam por random tips do género «Desça e suba o lance de escadas do seu quintal» ou «faça uma tarte de laranja para o seu marido e valorize a felicidade desse momento». 

Mais espectacular é mesmo o seu potencial enquanto vidente, conhecedora dos pormenores mais profundos da vida dos seus clientes. «Doutora, estou desconfiada que a minha filha anda metida na droga…», ao que ela responde «Pois eu sei minha querida, sei muito bem». Adivinhar o futuro depois de ele acontecer não é para todos.

Ter uma taróloga que resolve todos os problemas e cujas cartas do tarot só trazem boas notícias é o sonho de qualquer um. Mais uma vez, é como ir ao médico sabendo de antemão que ele nos vai dizer que está tudo bem.

Porém, nas suas consultas, Maria Helena revela igualmente ser uma terrível destruidora de lares. A uma mãe que embirra com a namorada do filho, como qualquer sogra, e que lhe diz que não sabe o que fazer porque não quer estragar a relação com o progenitor, a cartomante apresenta como solução expulsar a nora de casa: 

«Faça-lhes ver isso, que “quem casa, quer casa”. Portanto, eles que saiam, que se façam à vida, porque a senhora precisa é de ter descanso» – pimba, mai’nada. 

Mas a característica mais marcante de Maria Helena é mesmo o seu optimismo. A sua alegria de viver e espírito positivo fazem por isso chover todo o tipo de telefonemas. Num deles, uma senhora de Vila Nova de Gaia quer saber:

«Olá Maria Helena, é o seguinte: eu tenho um carro e estaciono-o na rua. Mas há uns tempos prometeram-me uma garagem e eu gostava de saber se realmente vou ter essa garagem…». Há quem telefone por dinheiro, há quem telefone por amor, por saúde…e depois há a Lurdes de V.N.Gaia cujo sonho é ter uma garagem para proteger a sua viatura dos amigos do alheio.

Maria Helena, como sempre, não faz mais nada e augura o que Lurdes quer ouvir:

«Vai sim, minha querida, vai ter a sua garagem e vai poder dormir descansadinha, se Deus quiser». E pronto, assim se resolve o “dilema”. Tudo à distância de um simples telefonema. Havia Liedson para resolver os problemas mais bicudos no Sporting. Na SIC há Maria Helena, uma ponta-de-lança endiabrada capaz de acabar com a maior das aflições em campo.

Quando uma jovem fustigada por falhanços amorosos lhe pergunta se pode confiar na sua nova paixão, Maria Helena é precisa e enigmática da forma que só ela consegue ser: «Meu anjo, este seu novo amor é totalmente confiável, entregue-se de corpo e alma. Mas atenção, não vá em cantigas». Que é como quem diz, «confia nele que ele é completamente íntegro, mas ATENÇÃO: quando ele te estiver a aldrabar, não te fies, que é peta. Mas podes confiar». 

O que o prime time anda a perder…adormecer com aquele linguajar de Maria Helena, de quem parece que está a falar com um bebé, seria tiro e queda. E entretanto uns quantos trocos lá poderiam ir pelo caminho. Maria Helena é assim: seduz, cativa, e faz de nós o que quer, qual gata sedutora.

Mas que ninguém duvide da credibilidade do programa «A vida nas Cartas». Maria Helena não é nenhuma impostora e a prova disso está na qualidade do seu staff. O nome da produtora do programa da SIC nem deixa margem para dúvidas: «Produções Clandestinas». 

Vamos lá descongestionar as urgências dos hospitais e as clínicas de psiquiatria: Maria Helena é a solução, ela resolve.

GOSTOU DESTE ARTIGO? ENTÃO ENTRE
EM https://www.facebook.com/palavrasaoposte, CLIQUE ‘GOSTO’ E
ACOMPANHE OS ARTIGOS DIÁRIOS DO PALAVRAS AO POSTE!

???????????????????????????????André Cunha Oliveira

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

One thought on “Maria Helena resolve

  1. ola sou a jessica eu queria saber se vai corre tudo bem da minha vida eu telho tardo a fazer o euro milhoes mais eu nao sai se vai sair e gostava muito saber

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s