Home

Depois das confusões registadas nos dérbies da semana passada, os leões cortaram as quase inexistentes relações que tinham com as águias e colocaram imprensa e adeptos de parte a parte preparados para os debates do costume.

Falou-se de muita coisa e disparou-se para todos os lados mas sem que os tiros se revelassem, na minha opinião, certeiros. Mais do que faixas, ofensas, t-shirts, camarotes ou comes e bebes, estão duas coisas: respeito e a vida humana.

O respeito nunca existiu entre os membros das claques organizadas rivais e não é agora que existirá. Ao esperar que Luís Filipe Vieira se ralasse com a faixa que a claque encarnada exibiu no pavilhão da Luz, no último sábado, evocando o assassinato de Rui Mendes na final da Taça de 1996 no Jamor, o Sporting está a ser ingénuo e a perder o seu tempo. Apesar de condenável esta troca de faixas provocatórias é incomparável – em termos dos acontecimentos referidos – e o reflexo do clima de estupidez e imbecilidade que emana na cabeça de certos grupos organizados e que não merece destaque.

Mais grave do que exibir tarjas a orgulhar-se de um assassinato, é uma claque ilegal, repleta de delinquentes, vários deles com cadastro e protegidos pelo presidente do emblema por quem supostamente torcem, deslocarem – se a um estádio rival e colocarem em prática a violência que já vitimou um adepto no passado e que no clássico de Alvalade não vitimou mais ninguém por pouco. LFV fez o que sempre faz nessas situações mandou o energúmeno da comunicação dizer o que lhe apetecesse e apareceu quase uma semana depois para ler um textinho que obviamente não saiu da sua cabeça.

Aquela imagem de credibilidade e respeito que quis impor ficaram-lhe bem, mas sabendo que Vieira tem protegido e dado apoio a uma claque ilegal, se formos esperar que o Benfica identifique os culpados e tome medidas como o seu presidente prometeu, corremos o risco de ver a profecia cumprida tão depressa como a do Benfica lutar pela Champions, ser a espinha dorsal da selecção ou apostar fortemente nos meninos do Seixal…

A vida humana e o respeito pela dignidade das pessoas valem muito mais do que picardias presidenciais e as quezílias e guerrinhas de bastidores do passado. Aconselho ao presidente do Sporting que se concentre nos muitos problemas internos que tem para resolver, esqueça a guerra de palavras com Vieira e proíba de uma vez por todas, que aquele bando de arruaceiros e delinquentes que não está legalizado volte a entrar em Alvalade. Com a polícia já se percebeu que é difícil contar, afinal os populares ficam horas à porta dos derbies a ser revistados a pente fino enquanto os delinquentes das claques continuam a entrar como querem e repletos de foguetório para espalhar o pânico a seu bel-prazer.

Ao presidente Luís Filipe Vieira recomendo que legalize as claques encarnadas, ou que deixe definitivamente de as apoiar, até por uma questão de respeito aos verdadeiros adeptos encarnados que duvido que se revejam naqueles retardados. Se pretende manter alguma imagem de seriedade fuja do caminho da promiscuidade de poder que está a minar a sua reputação. Ter o nome metido nas linhas do BPN, BES, apoiar Duque e aliar-se ao hediondo Porto de Pinto da Costa é tudo menos de alguém que preze pela credibilidade e transparência.

Falando em presidentes, até quando vão durar os favores do líder de Lisboa ao Sport Lisboa e Benfica? Depois da estátua para Cosme Damião com o dinheiro dos contribuintes, vem a fantástica isenção fiscal de quase 2 milhões de euros pelas obras no estádio da Luz. aaaa

Ou as dívidas desapareceram da Câmara Municipal de Lisboa e esta caminha para a riqueza ou o Sr. Costa está com tanta sede de poder que começou a caçar eleitores de forma gratuita. Não vá com tanta sede ao pote, que apesar de remota, há a chance de daqui a uns tempos estar em Évora a receber oferendas encarnadas de barbudos e taxistas. E olha que não era um troféu nada imerecido…

GOSTOU DESTE ARTIGO? ENTÃO
ENTRE EM https://www.facebook.com/palavrasaoposte, CLIQUE ‘GOSTO’
E ACOMPANHE OS ARTIGOS DIÁRIOS DO PALAVRAS AO POSTE!                     

SONY DSCBruno Gomes

2 thoughts on “O que realmente importa

  1. Óculos demasiadamente tingidos, turvam à vista!
    Palas, fazem com que auto-estradas se transformem em carreiros de carneiros.
    A arte de escrever bem, exige objectividade e não aceita demagogia.
    É pena porque o autor deste artigo até podia ter geito para a escrita.
    Vou esperar – sentado, para ver se há coragem de publicar o desagradável

  2. Texto todo ele baseado em ideias pré-concebidas e em mentiras básicas.
    Em que consiste o apoio do LFV à claque ilegal?
    Estou curioso. Será o ceder instalações do clube para se alojarem? Para guardar material e pintar faixas mais ou menos ortodoxas? Será que dá bilhetes à claque em condições vantajosas e para que façam disso um negócio de milhares? Patrocinará as deslocações da claque em jogos fora? Será isso que o LFV faz ao apoiar os delinquentes ilegais? Deve ser isso ou então em delirio diria que esta é uma descrição da relação entre o BC e a Juve-Leo da qual o anafado fez/faz parte.
    Haja decência. A decência ou falta dela não têm côr. Nem raça. Nem cheiro. E imagine-se, nem clube. Não existe isso do clube decente e acima dos outros. Existe é gente que come gelados com a testa. É isso e a seriedade, a delinquência e até a estupidez.
    Toda a conversa desde o derby expremida sairia uma duas pingas de verdade e de realidade. Todo o oceano que sobra é delirio extremista fanático de toda uma massa que só sabe apontar o mal nos outros sem sequer pensar 2 segundos no que consite o mal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s